Um guia do desenvolvimento mensal de seu bebê. Sua Gestação Mês a Mês.  
- O primeiro mês
- O segundo mês
- O terceiro mês
- O quarto mês
- O quinto mês
- O sexto mês
- O sétimo mês 
- O oitavo mês
- O nono mês

     
 
 
Oitavo mês


Da 31 ª a 35 ª semana de gestação...

No início do oitavo mês , em torno de 31 semanas de gestação , o feto mede aproximadamente 39 cm e pesa cerca de 1.540 g.

Chegamos ao oitavo mês de gestação, já no último trimestre! Na 32ª semana, seu bebê tem cerca de 1.720g e 41 cm.

É importante lembrar mais uma vez que embora um bebê na 33ª semana de gestação comumente pese cerca de 1.920g e meça em torno de 43 cm, existe uma variação destas medidas considerada como NORMAL ( tanto para mais quanto para menos !). Ou seja, da mesma forma que há uma diferença de tamanho e peso quando comparamos dois bebês de 1 ano, há uma diferença normal que já pode ser percebida durante a gestação, e que depende, por exemplo, do tamanho dos pais do bebê.

A partir do terceiro trimestre de gestação, o bebê normalmente assume a posição que ficará no útero até o parto. Em gestações consideradas a termo (acima de 37 semanas ), 95% dos fetos estão em apresentação cefálica, ou seja, com a cabecinha para baixo, voltada para a pelve da mãe. Nesta fase da gravidez, o bebê já é grande, o que dificulta a modificação de sua posição no útero. Mas não é impossível haver essa modificação nas últimas semanas de gestação! Embora seja mais difícil, alguns fetos que estavam sentados (apresentação pélvica) mudam de posição próximo ao parto, passando para a apresentação cefálica!

Na 34ª semana, seu bebê pesa cerca de 2.200g e mede em torno de 44 cm.

A partir de 34 semanas de gestação , caso ocorra um parto prematuro, o sistema respiratório fetal já está apto a funcionar bem fora do útero. E as complicações decorrentes da prematuridade (nascimento antes de 37 semanas ) reduzem bastante!

Na 35ª semana seu bebê pesará cerca de 2.400g e medirá em torno de 46 cm.


Acompanhamento da gestação por ultra-sonografia (USG)

A ultra-sonografia no terceiro trimestre da gestação é indicada para avaliação de crescimento fetal, peso fetal, volume de líquido amniótico e investigar a vitalidade (bem-estar) do feto. Lembre-se que é o primeiro ultra-som, o que é realizado nos primeiros meses da gestação, que deve ser usado, juntamente com a data da última menstruação, para calcular a data do parto. As demais ultra-sonografias visam acompanhar o crescimento e desenvolvimentos do bebê!

As solicitações de ultra-sonografia e dopplerfluxometria nesta fase de gestação ficam a critério médico , dependendo de gestação para gestação .

Modificações no organismo materno e Cuidados a serem tomados

O ganho de peso pela mãe no final da gestação é maior. Assim, nos três primeiros meses da gravidez, o ganho máximo de peso deve ser de 2,5 kg (máximo de 200g por semana). No segundo e terceiro trimestres, o ganho máximo de peso deve ser de 500g/semana.

Nem todo peso ganho na gestação é perdido no parto, normalmente o que se ganha acima de 12 kg é incorporado ao peso da mulher após o parto! O ganho excessivo de peso prejudica a gestante durante a gestação, piorando as dores musculares e a sensação de cansaço, além de dificultar o parto e a recuperação pós-parto!

A partir do terceiro trimestre começam a estar presentes as contrações chamadas de Braxton Hicks. Elas são mais incômodas que dolorosas, de intensidade leve e curta duração, irregulares, sendo mais freqüentes em dias de atividade física mais intensa, cansaço, estresse físico e emocional. As contrações de Braxton Hicks são como um “exercício” que o útero começa a fazer para se preparar para o trabalho de parto que está se aproximando. Próximo ao parto, as contrações começam a ser mais freqüentes e intensas; e a regularidade das mesmas é um dos sinais do trabalho de parto que se inicia.

É comum a gestante se sentir mais cansada no final da gestação. Referindo, por vezes, falta de ar. A compressão do músculo respiratório (diafragma) pelo útero que cresceu é a responsável por esta queixa. Para mais informações sobre as modificações do organismo materno e queixas comuns durante a gravidez, leia a seção de “Orientações para gestantes” do nosso site!

Ao se aproximar do final da gestação, a gestante deve procurar ficar mais tranqüila, não fazer caminhadas longas, aproveitar os momentos que tiver para descansar e seguir (sempre!) as orientações do seu obstetra!

A ingestão de dieta leve, rica em frutas , vegetais , cereais e alimentos de origem animal, com bastante líquido ajudam a gestante a se sentir bem disposta. Os líquidos ajudam, ainda, na digestão , na melhora da “ prisão de ventre ” e na hidratação da pele.

As orientações em relação à alimentação , viagens , atividade física , trabalho , sexualidade e cuidados odontológicos podem ser encontradas nos meses anteriores e demais seções para gestantes do nosso site!

Sobre as viagens aéreas, algumas companhias exigem autorização médica para que a gestante possa viajar, não permitindo embarque após 30 semanas de gestação !

Curta bastante seu bebê na reta final da gestação! Não deixe que o cansaço e a ansiedade prejudiquem você, seu parceiro e sua família de apreciarem a beleza da gestação.

A gravidez é um período único de ligação mãe-filho! Seu bebê tem reações e sente quando você está feliz ou triste, quando coloca uma música para tocar, quando conversa com ele. Aproveite para guardar cada momento desse período mágico da vida da mulher!

 

 
     
«Anterior